16 de julho.


Eu venho cansada. E pra quem me acompanha lado a lado, sabe que o meu karma é tristeza. Não vou culpar falta de atenção de nenhum amigo, afinal, cada um deu o que pode- daqueles que julgo reais. Ao restante, desejo apenas uma vida infeliz. Não como minha tristeza, que admito ser fútil, fruto de uma alma preguiçosa que se fatiga com o simples transcorrer lento de uma tarde fria. De certo, o que houve? Absolutamente nada específico além do cansaço. As pessoas e suas enormes falhas de caráter é algo aceitável, com o qual me habituei, mas tenho opções. Hoje deve ser o dia mais frio do ano, lá fora e aqui dentro. Tenho uma bagunça  pra arrumar, enquanto isso, desejo a todos um bom dia e peço que levem a vida de forma mais despretensiosa e transparente e, principalmente: amem mais.

No Response to "16 de julho."

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Oh, Maria... All rights reserved.