Eu tô aí pro meu coração

O  tempo corre. Que milagre da santa morte, ontem  ele queria ser eu, hoje eu quero ser ele. Como-te-admiro-quando-eu-crescer-quero-ser-igual-a-você. Dois viajantes; um  com pernas ao ar, outro, com pernas no chão. E as cabeças nos ares. Mas não o bastante para não pensar no amanhã. O tempo corre e o que seremos? Eu talvez adote um filho, ou morra. Enquanto nenhuma das coisas acontecem eu vou fazendo merda, sorrindo e amando. E vocês?



No Response to "Eu tô aí pro meu coração"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Oh, Maria... All rights reserved.